jusbrasil.com.br
22 de Agosto de 2017

Em valores de hoje, dívida externa deixada pela ditadura militar atingiria US$ 1,2 tri, quatro vezes a atual

Moema Fiuza, Advogado
Publicado por Moema Fiuza
há 3 anos

Em valores de hoje dvida externa deixada pela ditadura militar atingiria US 12 tri quatro vezes a atual

Iniciado há exatos 50 anos, o regime militar deixou como herança uma dívida externa que permaneceu impagável ao longo da primeira década da redemocratização.

Ao final de 1984, último ano completo sob a ditadura, o Brasil devia a governos e bancos estrangeiros o equivalente a 53,8% de seu Produto Interno Bruto, ou seja, de toda a renda gerada no país.

Eram US$ 102,1 bilhões para um PIB -que indica a capacidade nacional de pagamento- de US$ 189,7 bilhões.

Em proporções de hoje, seria como se o Brasil devesse US$ 1,2 trilhão, o quádruplo da dívida externa atual.

Mas a situação era ainda mais dramática porque, na época, dois terços do endividamento externo era de responsabilidade do governo federal, principalmente, dos Estados e dos municípios.

Hoje, a dívida externa pública, na casa dos US$ 120 bilhões, representa pouco menos de 40% da dívida externa total, enquanto as reservas em dólar do Banco Central superam os US$ 370 bilhões.

No governo militar, a dívida começou a crescer nos anos do crescimento econômico recorde que alimentava o poder político do regime. O desempenho do país, porém, começou a decrescer, como mostram os resultados dos ministros da Fazenda mais longevos desde o golpe de 1964.

Do “milagre econômico” de Delfim Netto à derrocada gerida por Ernane Galvêas, a escalada da riqueza deu lugar à disparada da inflação, e a multiplicação da dívida foi decisiva no processo.

A dívida rondava os 25% do PIB até 1979, quando deu um salto impulsionado pela elevação brusca das taxas de juros internacionais. Na época, o preço do petróleo havia subido muito, e os países ricos tentavam conter a inflação.

O Brasil teve de estimular as exportações para gerar os dólares necessários para o pagamento da dívida. Para isso, deixou as cotações da moeda americana subirem, o que tornava as exportações mais baratas -mas, em compensação, encarecia os produtos importados.

O resultado foi estagflação, a rara e temida combinação de economia estagnada e inflação acelerada, e ajudou a apressar a retirada dos militares.

Os pagamentos da dívida só foram regularizados em 1994, após acordo com os credores para reduzir o montante devido e os juros.

Fonte: http://dinheiropublico.blogfolha.uol.com.br/2014/03/31/em-valores-de-hoje-divida-externa-deixada-pel...

114 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

sou grata aos heróis da ditadura, impediram o comunismo no brasil. têm meu total respeito. continuar lendo

Ainda que seja brincadeira, eu digo o mesmo e falo sério! continuar lendo

Apoiado, só quem não gosta dos militares são os rebeldes infratores e antidemocráticos. continuar lendo

Não sr, Luciano Gonçalves,não ẽ brincadeira.Os russos já estavam vendendo livros em minha cidade.Todos reclamam da tortura mas não dizem POR QUE foram torturados. continuar lendo

Comunismo é uma desgraça. A contrarrevolução de 1964 foi uma medida trágica que impediu um destino pior. continuar lendo

Yra Noronha : Pessoas de bom senso e com algum conhecimento da história do país, agradece aos militares, pois se hoje estamos a meio caminho de nos tornar-mos uma "Venezuela", sem as FFAA em 1964,. o país estaria totalmente esfacelado. continuar lendo

Além de matar quem fosse contra o regime, nao "comunistas", estes canalhas perseguiram até os próprios militares. 1) Brasil cresceu às custas da dívida externa e sem distribuição interna. Pelo contrário, a disparidade regional só aumentou (nós nordestinos defender ditadura é um absurdo) e eles entregaram o poder com uma dívida de R$ 300 bilhões (antes era de 40); 2) Em todas as obras faraônicas existiu indícios de corrupção. Simplesmente ninguém podia falar nada. As empresa que apoiaram o golpe hoje são quem domina o país. Exemplo é a própria Globo que a ditadura arquivou a CPI da Time Life; 3) Entre outras coisas horríveis, perseguiram vários militares. Temos que nos compadecer destes, nao de elites militares e empresariais; Democracia direta e real já! Militares a favor do povo, nao de elites! Essa é a meta do século XXI! Abços continuar lendo

Heróis que mataram civis, independente de sercomunista ou não, ninguém podia criticar políticos senão eram torturados, entregaram país a magnatas como Globo, grupoUltra, etc. Deixaram rombo de mais de R$ 300 bilhões. Até militares perseguiram. Só muita inocência ou ignorância para defender esses bandidos. Era pra ser feito como na Argentina, Uruguai e Chile, onde esses crápulas foram julgados e presos! continuar lendo

Yra Noronha a guerra contra o comunismo ainda esta mais atual como nunca.
Esse texto de uma fonte comunista, Foice de São Paulo, mostra bem isso.

Salve a Contrarrevolução de 1964!!!
Comunismo é corrupção, mentiras e assassinatos covardes em massa.
#BolsoMito2018 continuar lendo

Jodiel Lima mas que vergonha mentindo para ganhar vantagens com a quadrilha internacional comunistas que assombrou a mundo denunciada pela Lava a Jato, Petrolão e outros bárbaros crimes contra a humanidade. continuar lendo

Em vez de "golpe militar, a expressão correta é"contrarrevolução de 1964".
Contrarrevolução porque estava em marcha a revolução comunista, que eclodiria em curto prazo. continuar lendo

Tu acreditas nisso mesmo? É sério?? continuar lendo

Luciano Gonçaalves, , para contestar precisa conhecer um pouco de história e não de estória. Veja os estatutos e as atas do "foro de São Paulo", com a teoria de Antonio Gramsci, o jornalista Sardenho que se notabilizou em turim. O que falta para ser comunismo? só o vocábulo. continuar lendo

Mentira. Nao havia revolução comunista alguma. A ditadura bandida foi posta contra as reformas de Goulart e financiada por grandes empresas. Globo agradece até hoje. continuar lendo

Tanto é verdade a Contrarrevolucâo de 1964, Edimilson Rodrigues dos Santos, que temos guerrilheiros de festim até hoje como o comentarista Josiel Lima que vem aqui apoiar um texto Fake News da Foice de São Paulo.

Salve a Contrarrevolução de 1964!!!
Comunismo é corrupção, mentiras e assassinatos covardes em massa.
#BolsoMito2018 continuar lendo

Para que fosse um estudo honesto, o levantamento deveria anteceder o governo dos militares, quando a inflação estimada era de 100% ao ano. continuar lendo

Edmilson Rodrigues dos Santos comunismo é corrupção, mentiras e assassinatos covardes em massa.
Abraço continuar lendo

E a dívida interna deixada pelo Lula? 1 trilhão? Ninguém fala sobre isso não? Ah... continuar lendo

Lula é o chefe da maior quadriha do mundo. continuar lendo